Oi Lovers, boa noite!🤗🤗🤗

 

Não estou agendando nada com antecedência para o dia seguinte, pois estou perto de entrar naqueles dias. Bem provável que eu acorde com o sinal vermelho. Farei a promoção do oral nesse mês.

Hoje vou falar de um retepeco eventual, está de passagem pela cidade e já vai embora amanhã. Acho que veio aqui em 2015, não me recordo de nada sobre o encontro dessa época, mas ele disse se lembrar muito bem!

Já na chegada notei seu pau duro.

O encontro foi no estilo namoradinho. Rolou muitos beijos, carinho e safadeza.

Me fez um oral demorado e delicioso. Tentei retribuir da melhor maneira, não faltou muito beijo grego naquele cu cheiroso. Brincou com meus buraquinhos usando os dedinhos, se preocupou em não machucar, não me senti incomodada com nada.

Após longas preliminares deliciosas, partimos para a meteção. Comecei cavalgando, e no meio da foda ofeteci minha bundinha, ele revelou que nunca tinha comido uma. Isso só me incentivou mais ainda a dar o rabo para ele.

Começamos de ladinho, fui dizendo como tinha de fazer. E por incrível que pareça, aquele pau grosso, entrou mais fácil e rápido do que imaginei. Deixei que me pegasse como quisesse, socou forte, enfiou tudo. O sexo anal rolou no estilo hard, na bunda gosto assim.

O taradinho se cansou, fizemos um pouco no vaginal, mas o pau já não estava tão duro, e esse foi o motivo de retardar um pouco meu gozo, mas não me impediu de gozar.

Tentamos novamente na bundinha, mas estava meio bomba. Paramos e dessa vez iniciei um oral com direito a fio terra, mamadas e punheta. Ficamos alguns minutos ali, ele gemendo até gozar na minha boca.

Encontro delicioso. Um amor de pessoa, sexo gostoso, e companhia então nem se fala. Adorei!


Oi Lovers! Andei sumida do blog , mas isso não quer dizer que eu não esteja atendendo.

Atendi um novato, o taradinho sabe de toda minha trajetória, seguidor desde quando eu ainda tinha peitinhos. Depois de tanto tempo, criou coragem e veio me conhecer.

Chegou um pouquinho antes do horário, mas só pude atendê-lo na hora marcada.

Taradinho gente boa, comunicativo e simpático.

O sexo rolou no estilo namoradinho, me fez um oral bem demorado, só achei que colocou muita pressão ao sugar meu grelo, isso me desconcentrou um pouco. Mamei sua piroca e fizemos 69.

Começamos no vaginal, foi dizendo como queria que eu fizesse e não ficava muito tempo na mesma posição. Cavalguei, quiquei e então me pegou no PPMM onde gozou.

Conversamos bastante no intervalo. Na hora de dar continuidade à brincadeira não teve nenhuma dificuldade, logo já estava duro.

Começamos novamente no vaginal, e falou que queria meu rabinho. Tempo passando, não demorei atender ao seu pedido. Ele ficou em pé, e me coloquei d4, mesmo com tudo lubrificado, entrou rasgando as preguinhas do meu rabo. Pedi que me pegasse d4, mas que subisse na cama e se ajoelhasse, (assim eu tinha acesso ao vibro, que faria com que eu me soltasse mais, e teria opção de poder me mexer, buscando um jeito de ficar mais favorável para mim), metemos um pouco assim, mas logo pediu para trocarmos de posição. Me pegou de franguinha assada no anal, enquanto eu tocava uma siririca. Metemos por alguns minutos e mais uma vez ele gozou.

Essa questão de machucar na hora de colocar, não foi culpa dele. Doeu? _Sim, e muito. Mas eu vou pegar e pedir para ele parar? _Não! Era uma fantasia dele e estava pagando por isso.

Não vou mentir aqui, dizendo que a foda foi maravilhosa. Mas posso dizer que ele é um amor de pessoa, me tratou muito bem, companhia maravilhosa. E na nossa conversa pude descobrir o quanto esse mundo é pequeno.

Um pouquinho da minha deliciosa segunda feira…


Hoje vim falar de um repeteco, daqueles clientes que aparecem uma vez no ano. Mas que quando aparece, compensa todo esse tempo de ausência, fazendo um sexo delicioso.

Homem lindo, magro sarado, sem ser bombado. Nota-se que não precisa recorrer a esteróides para se conseguir o shape. Não me importo com físico masculino, mas o corpo dele é algo que me atrai. Daí, ainda junta a simpatia com a pegada, pronto, está feito o estrago.

Encontro no estilo namoradinho, com muitos beijos, pegada gostosa, oral delicioso. Embarcamos num 69 perfeito.

Começou me pegando de franguinha assada. Movimentos lentos e bem profundos, o homem sabe o que faz, ficamos um tempinho ali.

Pediu para que eu ficasse de bruços. O safado queria me fazer gozar, que eu sei…

Metemos um bom tempo assim. Usei meu vibro clitoriano, que falhou algumas vezes, mas não me deixou na mão.

Ele continuou socando profundo, dessa vez mais rápido e bem forte, enquanto usava uma das mãos no meu couro cabeludo, fechando-a e juntando meus cabelos, sem puxá-los, apenas fazendo uma pressão.

Sentiu vontade de gozar, pedi para se controlar um pouquinho. Me devorou com gosto e no final acabamos gozando juntos.

Tentamos um segundo round, mas não foi dessa vez.

Encontro delicioso como sempre!